Muito antes de Rami Malek estrelar Bohemian Rhapsody, outro ator interpretaria Freddie Mercury. Sacha Baron Cohen, o Borat, seria o vocalista do Queen no filme biográfico. Agora vamos ver por que isso não aconteceu.

Cohen estava interessado em focar mais em Freddie Mercury, enquanto a banda queria que a segunda metade do filme fosse sobre como o Queen continuou após o falecimento do vocalista.

Em entrevista a Howard Stern (via Tony Spence, do The Things), Sacha Baron Cohen falou sobre os planos iniciais para o filme.


“Um membro da banda – não direi quem é – disse: ‘sabe, esse é um ótimo filme, porque tem algo incrível que acontece no meio’. E eu disse: ‘o que acontece no meio do filme?’. E ele respondeu: ‘sabe, o Freddie morre'”.

“Então eu falei: ‘e o que acontece na segunda metade do filme?’. Ele disse: ‘vamos ver como a banda continua carregando toda a sua força'”, continuou o astro de Borat.

Isso claramente não agradou Sacha Baron Cohen e o ator acabou deixando o projeto, que, ironicamente, não teve essa segunda metade como o membro da banda queria.

Em entrevista à Associated Press, o baterista do Queen, Roger Taylor, falou sobre a saída do ator de Borat.

“Tiveram várias conversas sobre Sacha. Nunca foi pra frente de verdade. Não acho que ele levou a sério o suficiente – ele não levou Freddie a sério o suficiente”.

Amigo de Freddie Mercury detona Bohemian Rhapsody 2

Em entrevista ao site New Musical Express, o empresário e amigo pessoal do músico, Peter Freestone, repudiou a possibilidade de um novo projeto abordando a morte do cantor.

“Eu não gosto da ideia da existência de um ‘Bohemian Rhapsody 2. Independentemente do que coloquem no filme, precisaria mostrar uns 20 minutos ou meia-hora do Freddie morrendo e ninguém precisa disso. Mesmo que já tenham se passado 28 anos, ver isso na minha cara não é algo necessário. E qual pessoa sã precisaria ver algo assim?”

Os rumores sobre a sequência surgiram porque Bohemian Rhapsody não aborda os anos finais de Freddie Mercury. Apesar das especulações, os próprios integrantes do Queen indicam que esse novo projeto não deve acontecer.

Dirigido por Dexter Fletcher e estrelado por Rami Malek, Bohemian Rhapsody faturou ao todo US$ 903 milhões em bilheteria. É uma das biografias mais bem-sucedidas da história.

Bohemian Rhapsody, o filme de Freddie Mercury, pode ser visto em plataformas digitais.