Estrelar uma cena de sexo com Jamie Dornan, de 50 Tons de Cinza, pode ser uma experiência curiosa para atores ou atrizes. Mas Emily Blunt revelou não ter sentido qualquer pressão em recente filme com o ator, visto que não assistiu a famosa obra sobre Christian Grey.

Em entrevista ao ET Online (via Julia Emmanuele, do Bustle), Emily Blunt falou sobre contracenar com Jamie Dornan em Wild Mountain Thyme.

“Jamie ficou bem aliviado de eu nunca ter visto os filmes de 50 Tons de Cinza. E não li o livro”, disse a atriz. “Então só disse, ‘sinto muito, nunca vi esses filmes’. E ele disse, ‘estou muito aliviado'”.


“Eu não tive qualquer percepção dele ser esse… sabe, seja lá o que Christian Grey seja”, continuou Emily Blunt.

Wild Mountain Thyme ainda não tem previsão de estreia no Brasil.

Esposa Nunca assistiu 50 Tons de Cinza

50 Tons de Cinza ajudou a popularizar o gênero de drama erótico no cinema. Grande parte disso foi por conta da história baseada nos famosos livros de E.L. James.

Porém, nem todo mundo quis assistir os longas. Uma dessas pessoas, inclusive, tem uma forte ligação com os filmes.

O Closer afirma que Amelia Warner, esposa do protagonista Jamie Dornan, nunca quis assistir aos filmes. O motivo, conforme o site, é por ela não querer ver o marido nas cenas quentes.

Inclusive, Jamie Dornan quase se demitiu de 50 Tons de Cinza. Inicialmente, Amelia não tinha aceitado o papel conquistado pelo marido.

“Jamie disse que o papel ajudaria na carreira. Amelia não queria mudar nada e sabia que todas mulheres do planeta iriam querê-lo. Ela nunca viu os filmes e não acho que ela vá ver”, disse uma fonte ao site.

O site também aponta que o astro pensou em se demitir logo após o primeiro 50 Tons de Cinza. Jamie Dornan teria ficado preocupado com as críticas mornas, principalmente sobre a química com a co-estrela Dakota Johnson.

Os filmes de 50 Tons de Cinza podem ser vistos em plataformas digitais.