Um crime choca a Austrália. Uma mulher de 27 anos matou a mãe após receber a visita de um exorcista.

O site KNews afirma que o crime foi cometido em 2019. Por conta de ataques de fúria da filha, Rita Camilleri contratou um exorcista.

Porém, após a visita, Jessica teria atacado a mãe e esfaqueado a mulher mais de 100 vezes. Após isso, a mulher ainda teria decapitado Rita e jogado a cabeça no jardim da casa.


Por si só, o crime já chamou atenção mundial. Porém, a história ganhou traços assustadores por conta da obsessão da jovem nos filmes da franquia Olhos Famintos.

Até por isso, Jessica recebeu o apelido de Filha do Demônio da imprensa australiana. A mulher chegou a confessar aos tribunais o que fez com a mãe.

“Eu continuei esfaqueando e arranquei a cabeça dela fora”, disse a acusada para autoridades.

Rita e Jessica em imagens divulgadas pela KNews

Histórico conturbado de acusada

Jessica passou a atacar familiares e desconhecidos nas ruas. Algumas vezes causando machucados graves.

Isso preocupou Rita. No tribunal, uma parente da acusada deu o depoimento.

A informação do site é de que Jessica teria sofrido com bullying na infância e juventude, ao mesmo tempo que passava por tratamento por conta de dislexia, o que a deixou traumatizada. A acusada também foi diagnosticada com autismo e deficiência intelectual moderada.

Por conta da situação de bullying, a mulher teria passado a ficar sozinha em casa. Foi assim que se tornou obcecada por filmes de terror, principalmente os de Olhos Famintos.

A defesa de Jessica tenta evitar que a mulher seja condenada a pena de morte.

No cinema, Olhos Famintos teve três filmes. O último deles foi lançado em 2017. O terror está disponível na Netflix.