A Netflix revelou quais são os filmes e séries em língua não inglesa mais populares na plataforma, especificamente nos EUA. O Poço é um dos grandes destaques.

Conforme Tom Grater, do Deadline, dentre os filmes mais assistidos na plataforma neste ano, O Poço ocupa o primeiro lugar, tendo sido assistido por 56 milhões de contas nas primeiras quatro semanas de seu lançamento.

Já série mais assistida foi Bárbaros (Barbarians), série alemã que conta sobre guerreiros germânicos lutando contra o Império romano no século IX. Os números específicos não foram oferecidos, mas ela superou La Casa de Papel (que ficou em quarto lugar na lista) e Dark (em terceiro lugar).


Vale ressaltar que a lista leva em conta as visualizações nos primeiros 28 dias, o que é levado em conta pela Netflix na hora de renovar ou cancelar suas séries.

Outros títulos que merecem destaque são Lindinhas, que enfrentou muita polêmica após ser acusada de sexualizar crianças, e Ip Man 4, estrelado por Donnie Yen. O filme mostra o mestre de artes-marciais de Bruce Lee.

A segunda série mais assistida nos seus primeiro 28 dias foi The Rain, que concluiu sua temporada final em agosto.

Veja as listas completas, abaixo.

Filmes (de mais a menos assistidos): O Poço, Bala Perdida, Bronx, #Alive, Ip Man 4, Sequestrando Stella, Lindinhas, Carga Bruta, Remédio Amargo, Freaks: Um de Nós.

Séries (de mais a menos assistidas): Bárbaros, The Rain, Dark, La Casa de Papel, Desejo Sombrio, Ragnarok, Sempre Bruxa, Epidemiya, Nanatsu no Taizai, O Último Guardião.

Netflix já tem novo O Poço

A Netflix realmente está investindo em suas produções não-americanas e Remédio Amargo é o mais um exemplo. O filme espanhol é um suspense de sucesso após O Poço.

A trama gira em torno de Ángel, um paramédico que gosta de colecionar itens tirados de locais onde resgata as pessoas, sejam óculos escuros, relógios, joias e mais. Ele chega a vender alguns desses itens, mas mantém outros em seu guarda-roupas.

Sua vida vira de cabeça para baixo quando ele sofre um acidente, quando um caminhão colide com a ambulância na qual estava.

Paralisado da cintura para baixo, ele é incapaz de trabalhar, fazer sexo com sua namorada, ou muitas outras coisas.

Eventualmente ele vai sendo consumido pela raiva e começa a se vingar contra aqueles que o irritaram de alguma forma – incluindo o cachorro de seu vizinho, que late a noite inteira. Isso vai escalando, é claro, até tomar proporções cada vez mais assustadoras.

Remédio Amargo não lembra diretamente outros filmes do gênero, mas traz certas similaridades com Jogo Perigoso (também da Netflix) e o clássico Louca Obsessão, além de outros filmes sobre vingança.

O filme também traz bastante cenas quentes de sexo entre Ángel e sua namorada, Vane, vivida por Déborah François, em uma atuação de destaque na obra da Netflix.

O filme ainda é bem curioso visto que Ángel não é exatamente uma pessoa com quem conseguimos nos identificar. Ele é egoísta, narcisista e tem outros sérios problemas.

Dito isso, é um conto mórbido que certamente deve revirar o estômago de algumas pessoas e causar angústia na maior parte dos espectadores.

A temática é totalmente diferente de O Poço, mas é um suspense bastante instigante.

Remédio Amargo já está disponível na Netflix. O Poço também está na plataforma.