Durante anos, parecia que Joaquin Phoenix nunca iria gostar da ideia de estrelar uma adaptação de quadrinhos… ou, deve-se dizer, uma segunda adaptação de quadrinhos.

Na verdade, ele apareceu em um episódio de Superboy (uma obscura predecessora de Smallville no final dos anos 80) como um colegial, mas mais tarde recusaria dois papéis diferentes nos filmes da Marvel – o primeiro sendo o novo Hulk, seguido por Doutor Estranho.

Até então, presumia-se que uma nova adaptação de quadrinhos não estava em seu destino até que Coringa mudou tudo.


O desempenho do ator como Arthur Fleck, um aspirante a comediante mentalmente perturbado, destinado a se tornar o grande vilão do Batman, rendeu a ele seu primeiro Oscar.

Parece que esperar pelo papel certo nos quadrinhos e finalmente encontrá-lo no triste suspense psicológico de Todd Phillips de 2019 realmente valeu a pena para ele. Dito isso, nada impede que Joaquin Phoenix tenha outro papel no mundo dos quadrinhos.

O astro já atingiu o objetivo final de qualquer ator com nada menos que um filme de um bilhão de dólares que foi, além de tudo, muito premiado.

Então, por que não seguir os passos de Christian Bale, Cate Blanchett e muitos outros vencedores do Oscar e se divertir um pouco juntando-se ao MCU?

Na verdade, há um personagem da Marvel que poderia ser adequado para Joaquin Phoenix, o astro de Coringa.

Vilão do Doutor Estranho

Como já foi mencionado antes, Joaquin Phoenix uma vez recusou a chance de ser o Doutor Estranho (agora interpretado por Benedict Cumberbatch no MCU) apenas alguns anos antes de desempenhar o papel principal de Coringa.

Com isso em mente, é impossível pensar em uma escolha mais satisfatória do que escalá-lo como um personagem que poderia, de certa forma, ser o equivalente mais próximo do Coringa entre os maiores inimigos do Doutor Estranho.

A edição de julho de 1963 de Strange Tales #110 não foi apenas a primeira aparição do Feiticeiro Supremo, mas também do demoníaco Pesadelo – que é, essencialmente, o próprio Freddy Krueger da Marvel por sua habilidade principal de capturar pessoas em seu reino dimensional enquanto estão dormindo.

Ele é um vilão de fisicalidade impressionante, gosto por teatralidade e indulgência genuína no tormento que faz as pessoas passarem – todas as coisas que Joaquin Phoenix já provou que pode dominar com perfeição digna de prêmio.

Coringa, com Joaquin Phoenix, está agora disponível no HBO Go.