Um erro da trilogia original de Star Wars foi corrigido no livro From a Certain Point of View: The Empire Strikes Back.

O livro conta com várias histórias que se passam durante os eventos de O Império Contra-Ataca e uma delas explica por que Yoda e R2-D2, aparentemente, não se reconheceram no filme. Vale lembrar que eles já haviam se conhecido na trilogia prelúdio.

No capítulo do livro de Star Wars, é revelado que Yoda reconheceu R2-D2, mas não disse nada sobre o assunto.


“Movendo-se cuidadosamente pelo pântano, permanecendo sob a névoa, Yoda logo avistou o garoto e seu droid desempacotando seus suprimentos”, diz a passagem (via Dan Seddon, do Digital Spy).

“Embora o droid estivesse coberto de algas, barro e fluido estomacal, sua aparência e sons familiares ainda foram facilmente reconhecidos. É claro que o garoto tinha o velho droid de Anakin com ele. Esses ciclos do destino não mais surpreendiam o Jedi de novecentos anos”.

Estrela de Star Wars é acusada de ser agressiva

Daisy Ridley, a Rey da nova trilogia de Star Wars, foi chamada de intimidadora por um dos colegas de elenco de filme.

A atriz contou sobre esse fato (via Dan Seddon, do Digital Spy). Ela foi chamada de intimidadora por um colega de Mundo em Caos, filme também estrelado por Tom Holland, o Homem-Aranha.

“Disseram-me que eu sou intimidadora. Isso foi em Mundo em Caos”, disse a atriz de Star Wars. “Eu estava fazendo meu cabelo, colocando a peruca e lembro de ter pensado, ‘meu Deus, eu deveria ser menor? Deveria ficar mais quieta?”.

“Também fui chamada de agressiva; minha energia é ‘bem agressiva’. Isso foi durante uma reunião com um diretor. Eu estava pensando, ‘mas por que? É porque eu mantive contato visual? É porque demonstro paixão em relação ao que conversamos?”, continuou Daisy Ridley.

Mundo em Caos, com Daisy Ridley e Tom Holland ainda não chegou aos cinemas. O filme está previsto para março de 2021.

Já os filmes de Star Wars estão disponíveis no Disney+.