Basil Brown é um dos personagens principais de A Escavação, filme recentemente lançado na Netflix.

Ele é interpretado por Ralph Fiennes. O ator ficou mundialmente famoso por ter vivido Lord Voldemort na franquia Harry Potter.

Embora A Escavação termine destacando a importância do trabalho de Basil para a arqueologia, nunca revela seu destino ou legado além do que realizou em Sutton Hoo.


O que aconteceu com Basil?

De acordo com um relatório do Screen Rant, Basil Brown se concentrou em trabalhos de defesa civil em Suffolk após os eventos descritor em A Escavação. Ele também serviu na Marinha, Exército e Força Aérea.

Ele começou a trabalhar no Museu de Ipswich em 1961, mas foi forçado a se aposentar depois que sofreu um ataque cardíaco em 1965.

Basil eventualmente faleceu em 1977. Ele tinha 89 anos de idade.

A grande questão em torno de Basil é que seu importante trabalho foi aparentemente ignorado por anos. Isto chega a ser uma subtrama em A Escavação.

No entanto, de acordo com a BBC, o filme pode ter exagerado um pouco na dramatização: há relatos de que sua contribuição já era reconhecida desde 1940.

Curadora-chefe da coleção de Sutton Hoo do Museu Britânico, Sue Brunning comentou: “Não acredito que tenha havido uma grande contribuição para omitir o nome de Basil.”

“Em 1940, Charles Phillips já mencionava Basil Brown no Journal of Antiquity. Com apenas um ano de escavação, ele já estava sendo reconhecido, mesmo que você tivesse que procurar bastante para ler isso.”

No Brasil, A Escavação está agora disponível na Netflix.