Nevasca, de The Flash, e Hulk, da Marvel, compartilham DNA criativo como releituras da dinâmica clássica de O Médico e o Monstro, embora um até agora tenha uma conclusão muito mais feliz.

Os dois personagens compartilham jornadas semelhantes lidando com as complicações de dois coabitando em uma forma física, mas suas histórias levam a resultados totalmente diferentes, com Nevasca mostrando uma história mais complexa e cuidadosa.

No MCU, o enredo de Hulk se concentra em como Bruce Banner lida com seu alter ego. Depois de ativar seu lado Hulk, Banner se escondeu do mundo até aprender como controlá-lo.


No final de Vingadores: Era de Ultron, preocupado em machucar alguém, Hulk deixa a Terra. Ele e Hulk retornam ao seu compartilhamento dentro/fora do corpo depois que Banner é acordado durante uma reunião com Thor durante Thor: Ragnarok.

No início de Vingadores: Guerra Infinita, Thanos vence Hulk, o que traumatiza Hulk a ponto de ele não ressurgir de Banner pelo resto do filme.

Vingadores: Ultimato revela que Banner se tornou Professor Hulk, uma iteração mais calma do gigante verde que é principalmente o cérebro de Banner com uma versão ligeiramente menor da força de Hulk, mostrando que em vez de tentar lidar com seu alter ego, Bruce decidiu usar a ciência para obter as vantagens físicas de sua contraparte.

O relacionamento de Caitlin Snow com Nevasca reflete a parceria de Banner e Hulk, embora haja algumas diferenças importantes.

Após uma das tentativas de Barry Allen de reparar danos na linha do tempo, a Dra. Caitlin Snow descobriu que era uma meta-humana, Nevasca, e compartilhava habilidades com a versão gelada da Terra-2 que ela temia.

Como Banner, o surgimento de seu outro lado foi desencadeado pela raiva. A cientista em Caitlyn buscou maneiras de se curar, algo que Banner também buscou no início da existência de Hulk. Caitlin acabou recusando uma possível cura, acreditando que ela tinha controle sobre Nevasca.

Mais tarde, quando Nevasca revidou, Caitlin escolheu tentar uma aliança, ao invés de continuar sua batalha constante pelo controle.

Depois que Caitlin pensou que tinha perdido Nevasca devido a um ataque, a dupla concordou em compartilhar seu corpo de forma mais igualitária – aprendendo a coexistir, em vez de lutar continuamente pelo controle – e fornecer um arco que é muito mais satisfatório do que o equivalente no MCU.

A Marvel mal explora como Banner e Hulk se relacionam. Hulk é frequentemente visto por aqueles ao redor de Banner como inferior.

Os companheiros de equipe dos Vingadores do Hulk costumam lidar com ele com cautela, e Tony Stark até criou o traje de Hulkbuster apenas com o propósito de conter o Hulk.

O trauma de Hulk de Vingadores: Guerra Infinita também nunca é tratado na tela, enquanto, em The Flash, Nevasca é mostrada processando os efeitos do ataque ao qual ela sobreviveu.

O Professor Hulk parece quase apagar a personalidade separada de Hulk, deixando Banner como o principal benfeitor das habilidades de seu alter ego.

Dado que o aspecto mais interessante do Hulk são as personalidades conflitantes de Banner e sua contraparte verde aprendendo a lidar uma com a outra, isso parece uma oportunidade perdida até agora.

Melhor resolução para o conflito

Caitlin e Nevasca são duas figuras distintas com personalidades muito diferentes que compartilham um corpo, e elas têm conflito e resolução reais uma com a outra, o que se traduz em um vínculo que parece merecido.

Sua colaboração e brincadeiras contínuas extraem seu apelo e força do respeito mútuo que elas têm pelas necessidades distintas de sua outra metade. Nevasca uma vez lamentou não ter uma vida social, e Caitlin deu a seu alter ego tempo extra no controle de tudo para se relacionar com Iris West e sua equipe.

A história de Nevasca em The Flash se distingue da de Hulk por dar igual peso e poder às duas indivíduas envolvidas.

Caitlin e Nevasca trabalharam juntas para determinar uma maneira de coexistir, mas a decisão de Banner e Hulk de que eles não poderiam existir separadamente foi apresentada de forma muito abrupta para resolver seus arcos individuais até aquele ponto.

No Brasil, The Flash está agora disponível na Netflix. Já Vingadores: Ultimato faz parte do catálogo do Disney+.