Mais de um mês se passou desde o lançamento de Cyberpunk 2077 e os problemas enfrentados pela CD Projekt Red (CDPR) acerca do jogo continuam. Agora a empresa é processada por investidores pela segunda vez por causa do game com Keanu Reeves.

Os fundadores da companhia já perderam US$ 1 bilhão em razão da queda nas ações da CDPR e agora estão sendo processados novamente, registrado na Corte do Distrito Central da Califórnia.

A própria empresa fez o anúncio (via Marc Deschamps, do ComicBook), dizendo: “A Companhia tomará ação vigorosa para se defender contra alegações desse tipo”.


O processo é similar ao primeiro, que alegou que a companhia enganou os investidores por meio de Cyberpunk 2077, violando, dessa forma, leis federais.

Cyberpunk 2077 foi lançado especialmente problemático nos consoles da velha geração (PS4 e Xbox One), apresentando problemas nas texturas, inúmeros bugs, resolução visivelmente muito abaixo do esperado, crashes e mais. No PC o cenário é outro, limitando-se a bugs e crashes ocasionais.

Os problemas de Cyberpunk 2077

Em vídeo publicado nas redes sociais oficiais da desenvolvedora, Marcin Iwiński, co-fundador da CDPR, explicou o que aconteceu com o desenvolvimento do game com Keanu Reeves.

Iwiński logo reconhece que a culpa está na liderança do estúdio, ele incluso. Ele explica que o escopo de Cyberpunk 2077 é ambicioso, com inúmeros sistemas, objetos customizados e mecânicas que precisam trabalhar de forma coesa a fim de que o jogo funcione como almejado.

Para isso, a CDPR focou primeiro em tornar o game com Keanu Reeves “épico nos PCs”, antes de ajustar aos consoles.

A tarefa parecia fácil de início, mas a equipe subestimou severamente o trabalho necessário para tal.

Além disso, o co-fundador do estúdio disse que os testes nas versões de console não apresentaram os péssimos resultados que vimos quando o game lançou.

A equipe testemunhou “melhorias significativas” no PS4 e Xbox One todos os dias antes do lançamento. A atualização do primeiro dia foi realizada a fim de resolver os problemas remanescentes, mas não foi isso que aconteceu.

A CDPR prometeu mais uma grande atualização dentro dos 10 dias desde a publicação do vídeo, além de mais um grande patch antes das DLCs gratuitas começarem a ser distribuídas.

Por fim, as versões dos consoles da nova geração (Xbox Series X/S e PS5) chegarão mais para o fim do ano de 2021.

Cyberpunk 2077 está disponível para Xbox One, PC e PS4. Por meio de retrocompatibilidade ele também funciona no Xbox Series X/S e PS5.