Não há necessidade de dizer o quão incrível, mas devastador, Vingadores: Ultimato é. Todos choraram quanto Tony morreu, Natasha se sacrificou e Steve finalmente ganhou sua tão sonhada dança. Mas no meio de todos esses momentos impactantes, algumas pequenas situações do filme também se mostram bem tristes e devastadoras quando analisamos com mais cuidado.

O ScreenRant listou 10 fatos que tornam Vingadores: Ultimato um filme ainda mais triste.

10. Últimas palavras

No momento em que os Vingadores se preparam para a missão do “roubo no tempo”, temos algumas despedidas de partir o coração. Rocket elogia a eloquência do Capitão América e Clint promete que vai trazer a nave dos Guardiões da Galáxia de volta intacta, mas o momento mais triste dessa cena é quando Natasha se despede dos amigos dizendo “vejo vocês em um minuto”. Todos sabemos que Natasha se sacrifica em Vormir, portanto, essas são as últimas palavras da heroína para os seus amigos em Vingadores: Ultimato.


9. Um mundo caótico

Vingadores: Ultimato focou totalmente em seus heróis principais, mas se tivéssemos mais 3 horas de filme, poderíamos ver alguns pontos de vista diferentes. Seria interessante ver a vida dos 3,5 bilhões de sobreviventes da Dizimação e como suas vidas mudaram para sempre nos últimos 5 anos, gerando um mundo caótico e desequilibrado, com famílias separadas, depressão em massa e diversos outros problemas.

8. Anúncio público

Um usuário do Reddit destacou um pequeno detalhe sobre Vingadores: Ultimato. A primeira cena depois do salto de 5 anos no tempo mostra Steve Rogers em um grupo de apoio a pessoas que perderam entes queridos durante a Dizimação. Nessa reunião, Rogers menciona Thanos, o que significa que em algum momento após a Dizimação, os Vingadores tiveram que se pronunciar publicamente e explicar o motivo pelo qual metade da população mundial desapareceu. A dor que isso deve ter causado nos Vingadores é imensurável.

7. A homenagem de Rocket

Outro pequeno momento triste de Vingadores: Ultimato envolve o Rocket Raccoon. Durante Vingadores: Ultimato, Rocket tem uma adição interessante em seu visual, já que ele passa a usar um cachecol vermelho no pescoço. Esse cachecol é o mesmo utilizado por Peter Quill em Guardiões da Galáxia Vol.2, o que significa que Rocket está usando-o em homenagem ao falecido amigo.

6. Homem-Aranha traumatizado

A experiência de Peter Parker em Vingadores: Guerra Infinita e Vingadores: Ultimato foi a mais traumática possível. O jovem de apenas 15 anos se juntou aos Vingadores, enfrentou Thanos, morreu nas mãos de Tony Stark, sua figura paterna, voltou a vida, enfrentou Thanos novamente e viu Tony Stark morrer na sua frente. O pobre garoto sofreu o suficiente para uma vida inteira e esses traumas certamente serão mais explorados em Homem-Aranha: Longe de Casa.

5. Cassie Lang

Em 2018, Scott Lang fica preso no Reino Quântico. Quando ele reaparece em 2023 durante Vingadores: Ultimato, ele descobre que foi dado como morto, já que metade da população mundial sumiu no mesmo período que ele. O problema é que sua filha Cassie era apenas uma criança quando ele sumiu, ou seja, existe uma grande chance dela ter sido deixada sozinha em um mundo caótico. Mesmo que esse não tenha sido o caso e sua mãe e padrasto tenham cuidado dela, a garota passou 5 anos de sua vida achando que seu pai estava morto, o que certamente deve ter gerado um trauma muito grande.

4. A desordem pós-Vingadores: Ultimato

Thanos desestruturou a humanidade quando estalou os dedos, mas o ato dos Vingadores de trazer todo mundo de volta em Vingadores: Ultimato não resolveu todos os problemas. Depois de 5 anos se adaptando sem metade da população, a Terra recebeu 3,5 bilhões de pessoas novamente, o que certamente vai gerar um caos gigantesco que envolve fome, desemprego e outras centenas de problemas.

3. Diferenças de idade

Outro problema que se tornará evidente como retorno dos dizimados é a diferença de idade entre eles e os sobreviventes da tragédia. Homem-Aranha: Longe de Casa deve explorar bem isso, já que os colegas de Peter que sobreviveram à Dizimação estão todos 5 anos mais velhos, o que é uma diferença bem grande para quem está na adolescência, o que significa que diversas relações se perderam nesses 5 anos que se passaram em Vingadores: Ultimato.

2. Nenhum casamento e um funeral

Esse detalhe devastador de Vingadores: Ultimato aconteceu nos bastidores. Vingadores: Guerra Infinita e Vingadores: Ultimato foram filmados praticamente juntos entre janeiro de 2017 e o início de 2019, o que significa que muitas cenas foram filmadas fora de ordem. De acordo com os Irmãos Russo, por conta disso, 90% do elenco achou que estava filmando a cena do casamento de Pepper Potts e Tony Stark, quando na verdade a cena gravada era a do enterro do herói.

1. Ausências

A batalha final de Vingadores: Ultimato reúne heróis presentes ao longo dos 11 anos do MCU nos cinemas, impressionando pela quantidade de personagens. Mesmo assim, algumas ausências importantes foram sentidas, como a do Visão, personagem chave em Vingadores: Era de Ultron e Vingadores: Guerra Infinita, e a mais importante de todas, a ausência da Viúva Negra, a única Vingadora original que não pode aproveitar a vitória sobre Thanos.

Vingadores: Ultimato segue em exibição nos cinemas.

Próximo filme da Marvel, Homem-Aranha: Longe de Casa estreia no dia 4 de julho.