Lucy Lawlesss, estrela de Xena: A Princesa Guerreira, explicou em entrevista ao Den of Geek por que não quer participar da nova versão da série, que está a cargo do canal NBC.

“Realmente não me vejo nisso, eu não teria serventia. Eu não consigo imaginar como poderiam contar uma história comigo aos 47 anos e fazê-la funcionar”, disse a atriz, que deixa claro não ter sido convidada para retornar à pele da guerreira e nem estar envolvida com o reboot.

Apesar de não ter ligação com a nova série, Lawlesss torce pelo seu sucesso. “Seria loucura se não fizessem [uma nova versão de Xena]. Espero que eles possam honrar a verdadeira essência do programa. Realmente quero Xena e Gabrielle vivas de novo, eu amaria isso. E mesmo não participando, eu desejo o melhor para a série”, concluiu.


Em entrevista ao Hollywood Reporter, o presidente da NBC, Bob Greenblatt, revelou que o canal já está procurando um roteirista para tocar o projeto.

“Estamos em estágios iniciais de desenvolvimento de uma remake para Xena e procuramos por um roteirista”, disse o executivo, que também falou sobre o tom da nova série. “Eu não acho que será apenas uma continuação, mas ainda não chegamos nesse ponto [de definir a trama]. Xena é uma ótima personagem e vamos tentar descobrir como revivê-la novamente”.

Após boatos de nova série, atrizes reaparecem juntas; veja

Exibida originalmente entre 1995 e 2001, Xena: A Princesa Guerreira teve seis temporadas e 134 episódios produzidos.

A atração narrava as aventuras da ex-assassina Xena, que procura redenção para compensar seu passado sangrento. Xena é acompanhada em suas viagens por Gabrielle, uma jovem mulher que se torna sua melhor amiga e mais confiável aliada.

Durante seus episódios, a série usava livremente nomes e temas de fatos/figuras históricas e diversas mitologiaa – principalmente a grega – como Homero, a queda de Tróia e a captura de César por piratas. Algumas situações, porém, fogem totalmente da realidade histórica, como numa fase do seriado em que Xena mata quase todos os deuses do Olimpo.

Xena foi um derivado do programa Hércules (1995–1999), estrelado por Kevin Sorbo. A saga de Xena começou com uma participação especial da personagem em três episódios da atração original, em 1995. Nos dois primeiros episódios, Xena era uma das vilãs da série, mas no terceiro, ela se aliou com Hércules para derrotar o personagem Darphus.

Originalmente, Xena morreria no terceiro episódio, mas o sucesso da guerreira foi tanto que os produtores tiveram a ideia de criar uma série só dela.

Enquanto a nova versão não sai, Lucy Lawless retoma a parceria com Sam Raimi em Ash vs Evil Dead, série de TV baseada no terror dos anos 80 – veja a primeira foto da atriz na série.