O último episódio do ano de The Walking Dead, intitulado “Start to Finish”, vai ao ar na noite deste domingo (29). Como as expectativas são grandes, o Observatório do Cinema preparou uma matéria especial contando o que você deve esperar do episódio e quais emoções ele reserva.

Andrew Lincoln promete muito sangue e loucura no midseason finale

Pelos padrões da série, e pelo rumo que a história vem seguindo, podemos esperar por algumas surpresas nesse episódio. Começando com a morte de pelo menos um membro do grupo de Rick, e ai já existem alguns “candidatos” (veja aqui), como o padre Gabriel, que anda meio apagado na temporada; Sasha que, como a própria série já vem mostrando a um tempo, não tem muita vontade de continuar viva; e ainda Rosita que, assim como o padre, também está bastante apagada nessa temporada – e pelo histórico da série os personagens secundários que passam muito tempo sem destaque não têm um futuro muito grande.


Também é de se esperar que, entre o meio e o final do episódio, vejamos pela primeira vez Negan, que já foi revelado que aparecerá ainda nessa temporada. Negan é nos gibis provavelmente o mais cruel e assustador vilão de The Walking Dead, e é possível que ele apareça na série enquanto os sobreviventes de Alexandria lutam contra a imensa horda de zumbis que provavelmente invadirá a cidade após a queda do muro (final do último episódio).

Ainda nesse episódio, provavelmente veremos o reencontro de Maggie e Glenn que se encontrou com Enid e está a caminho de Alexandria, e o retorno de Daryl, Sasha e Abraham, possivelmente no meio da invasão dos zumbis, em algum momento em que alguém, possivelmente importante para o grupo, esteja prestes a morrer e que será salvo por algum deles.

Agora só o que nos resta é esperar e ver o rumo que o derradeiro episódio de The Walking Dead irá tomar, e quem sairá vivo dessa nova ameaça, que representa, junto com a invasão dos lobos, o único verdadeiro perigo que o grupo de Rick terá de lidar desde sua chegada em Alexandria.