Cruel Intentions, série de TV baseada no suspense cult dos anos 90 Segundas Intenções, escalou mais um nome para seu elenco: Peter Gallagher (The O.C., Covert Affairs).

Situado 15 anos depois do filme, o seriado vai girar em torno de Bash Casey (feito pelo novato Taylor John Smith), o filho de 16 anos de Sebastian Valmont (originalmente interpretado por Ryan Phillippe) e Annette Hargrove (Kate Levering, que substituirá Reese Witherspoon no papel). Ao encontrar um jornal sobre seu falecido pai, Bash aprende tudo sobre o legado da família que ele não tinha conhecimento. Em busca de respostas, Bash troca sua pequena cidade do Kansas pela prestigiosa Academia Preparatória de Brighton, em San Francisco, onde ganhou uma bolsa de estudos. Logo, o jovem se vê envolvido em mundo de sexo, dinheiro, poder e corrupção, já visitado por seus pais. O filme original não menciona o fato de Annette ter ficado grávida.

Segundo a Variety, Gallagher fará o papel de Edward Valmont, um sedutor, sofisticado, poderoso e impiedoso bilionário/magnata do ramo de hotelaria. Quando Edward descobre que Bash Casey é seu neto, comprovação que vem por um teste de DNA, ele começa imediatamente a preparar o neto para uma vida cheia de riqueza e oportunidades.


O piloto de Cruel Intentions contará ainda com a volta de Sarah Michelle Gellar como Kathryn Merteuil, que disputará o controle da fortuna da família Valmont com Bash Casey, filho do seu falecido irmão de criação.

O roteiro da nova versão foi escrito por Roger Kumble, roteirista e diretor dos dois primeiros filmes da trilogia. A versão televisiva, a cargo do canal NBC, pretende continuar os eventos do longa original, que trouxe fama mundial aos protagonistas Reese Witherspoon, Sarah Michelle Gellar, Ryan Phillippe e Selma Blair.

Roger Kumble também dirigirá o piloto da série e assinará os episódios com Lindsey Rosin e Jordan Ross, que também servirão como produtores executivos, ao lado de Neal Moritz, da potencial série, a cargo da Sony TV.

Lançado em 1999, Segundas Intenções foi um surpreendente hit de bilheteria, arrecadando US$ 95 milhões para seu baixo orçamento. O longa depois gerou duas continuações lançadas diretamente para o mercado de home vídeo.