O ator Jared Harris se juntou aos que condenam a produtora Left Bank Pictures pela diferença de salário percebida entre o protagonista masculino e a protagonista feminina de The Crown.

“É uma vergonha. Eu não acho que seja culpa de Matt [Smith], ele provavelmente nem sabia. Não acho que seja coisa da Netflix, tampouco. Isso é responsabilidade de quem fez os contratos, da Left Bank. Eu entendo que Matt era um pouco mais famoso na época, mas eles poderiam ter pago o mesmo para Claire [Foy], foi escolha deles. Eles devem estar arrependidos no momento”, contou ele ao DigitalSpy.

Harris, que interpretou o Rei George VI na série (pai da Rainha Elizabeth II), continuou: “Eles liberaram um pedido de desculpas formal, mas um cheque também seria bem-vindo, não? Eu acho que eles devem mandar a diferença de salário para ela. Ela trabalhava mais do que Matt, sua performance é parte importante do sucesso da série. Ela merece isso”.


Petição pede que ator de The Crown doe salário após receber mais que atriz

A polêmica começou na semana passada, quando uma das produtoras da série revelou que Matt Smith (Príncipe Philip) ganhou mais pelas duas primeiras temporadas do que sua colega de elenco, Claire Foy (Rainha Elizabeth II), ostensivamente a protagonista da série.

Com elenco trocado para refletir a passagem dos anos, The Crown retorna para sua terceira temporada ainda em 2018. Olivia Colman (Elizabeth) e Helena Bonham Carter (Margaret) já foram escaladas.