Reed Hastings não considera que o serviço de streaming que popularizou com a Netflix, hoje uma das maiores empresas de entretenimento do mundo, é revolucionário.

”Acredito que o que fazemos é muito mais uma evolução do que uma revolução”, disse ao Business Insider. “O Youtube e sua plataforma aberta [Youtube Red] pode ser considerado uma revolução, e mesmo isso possui seu lado negativo”.

“Nós apenas melhoramos a televisão. Hoje as pessoas continuam assistindo seus programas favoritos, mas na Netflix. Não é uma revolução, mas é uma melhoria muito grande, e isso é importante”, definiu ainda.


”A internet é algo fantástico para programas, séries de TV”, distinguiu. “Você consegue assistir todos os episódios antigos de uma forma rápida e prática. É uma experiência muito mais saudável do que esperar todo domingo por um novo episódio”.

Netflix vai adaptar HQs com Michael B. Jordan e roteirista de Pantera Negra

“Mas, quando se trata de filmes, não é a mesma coisa. Hoje já existem muitas plataformas de pay-per-view. Acredito que não criamos uma grande evolução para filmes”, disse por fim.

Seja evolução ou revolução, a Netflix sem dúvida foi um investimento inteligente – a rede de streaming anunciou recentemente um crescimento superior ao esperado pelos especialistas.