Oito temporadas depois, está chegando ao fim a história de Rick Grimes em The Walking Dead. Responsável por viver o personagem principal da série, Andrew Lincoln conversou com os fãs durante a Comic-Con e explicou os motivos que o fizeram pensar que sua jornada no mundo pós-apocalíptico tinha chegado ao fim.

“Bem, nove anos eu pensei sobre isso porque é onde nós moramos. Eu suponho que isso tenha muito a ver com uma conversa que tive com Scott [Gimple] há alguns anos, talvez na 4ª temporada, sobre a forma e como achar um jeito de finalizar algo que nuca teria um fim”, disse no painel da AMC em San Diego.

The Walking Dead | “Andrew Lincoln é o melhor”, afirma Danai Gurira em post de despedida


De acordo com ele, a série começou sob a perspectiva de seu personagem, mas agora já está expandida para os demais membros do grupo. Além disso, Andrew Lincoln tem uma questão familiar que pesou na decisão: o crescimento de seu filho.

“Havia uma espécie de senso de que a história se tratava de um homem que desperta e você experiencia o mundo através de seus olhos. Agora, o que me empolga, é o fato de a narrativa ter se libertado. E já estará libertada desde o início desta temporada. Vocês verão no trailer. E sim, meu filho está crescendo e se tornando mesmo portável”, contou o ator.

A 9ª temporada de The Walking Dead retorna em 7 de outubro, com transmissão no Brasil pela FOX.