Maggie Gyllenhaal, que produz a série The Deuce, da HBO, quebrou o silêncio em relação às alegações de conduta sexual inapropriada de James Franco.

Durante participação no programa SiriusXM, a atriz e produtora foi perguntada sobre como ela lidou com as acusações contra o ator e como isso afetou sua relação na série.

“Quando as acusações contra James começaram a surgir no LA Times, lemos todas elas e as encaramos com bastante seriedade”, disse Gyllenhaal. “Falamos com todas as mulheres da equipe e elenco, para descobrir se elas se sentiam respeitadas e qual era a experiência delas em trabalhar com James. Todas disseram que foram totalmente respeitadas por ele”.


“Para mim, nosso programa é importante pro ser sobre misoginia”, continuou a atriz e produtora. “É sobre comércio de sexo. É sobre falta de igualdade na indústria do entretenimento. Você não poderia estar mais no centro desse assunto do que em The Deuce”.

The Deuce é renovada para 3ª e última temporada na HBO

“Para mim, eu pensei que queria continuar contando essa história, queria continuar interpretando Candy e mergulhar nisso, tipo, como é realmente, da perspectiva de uma mulher, lidar com todas as coisas que estão na mente das pessoas agora”, disse Gyllenhaal.

Estrelada por James Franco e Maggie Gyllenhaal, The Deuce explora os bastidores da indústria pornográfica americana na década de 1970. Na nova temporada, os personagens da trama usam esse cenário para buscar os seus sonhos na antiga Nova York. Ao mesmo tempo, a polícia se prepara para derrubar o distrito da luz vermelha.

The Deuce | Primeiras Impressões – 2ª Temporada

A série é desenvolvida por David Simon (The Wire) e foi uma das produções originais da HBO mais bem elogiadas do ano passado, já tendo garantido sua renovação antes mesmo da estreia.