Segundo uma recente reportagem do New York Times, a Netflix pode ter tido acesso técnico para ler e até excluir mensagens pessoais de usuários do Facebook que optaram pela integração de compartilhamento social entre as plataformas há alguns anos.

O serviço de streaming, porém, negou que tenha explorado esta possibilidade em um comunicado oficial à imprensa.

Facebook permitiu que Netflix acessasse dados privados de usuários da rede social, afirma jornal


De acordo com a Netflix, eles realmente tiveram acesso às listas de amigos dos clientes que escolheram usar o extinto recurso, mas jamais acessaram as mensagens de ninguém.

“Em nenhum momento acessamos as mensagens particulares das pessoas no Facebook, ou pedimos a capacidade de fazê-lo”, disse um porta-voz da Netflix em um comunicado à Variety. “Ao longo dos anos, tentamos várias maneiras de tornar a Netflix mais social. A integração com o Facebook nunca foi tão popular, então encerramos o recurso em 2015.”

Em 2014, a Netflix lançou um recurso que permitia que os membros recomendassem programas de TV e filmes para seus amigos do Facebook via Messenger.

Praticamente esquecido, o recurso foi encerrado cerca de um ano depois.