Patrulha do Destino é a mais nova produção da DC para seu serviço de streaming, e também uma das muitas séries de super-heróis em exibição atualmente.

Em entrevista para a Variety, o showrunner Jeremy Carver explica como a série da DC se diferencia entre tantas outras produções do gênero.

“Eles falaram comigo sobre o projeto e perguntaram qual seria minha abordagem. Eu só disse o que eu queria fazer, que era uma coisa muito madura, bagunçada e auto consciente, de natureza épica e cinematográfica, e nem sempre politicamente correta. E eles me apoiaram nisso desde sempre, o que é incrivelmente libertador”, revela Carver.


“É uma série muito deliberada em seu ritmo pelos primeiros 25 a 30 minutos, e isso é pra fazer as pessoas se acostumarem com o fato de que não estão vendo uma série normal. Passaremos muito tempo com personagens, e o desenvolvimento deles é tão importante quanto qualquer super poder ou luta”, continua.

“Essa série vai para cantos malucos nessa temporada, o que é algo hiper-real, muito naturalista e com diferentes eras e épocas – acabamos de gravar um episódio no estilo de O Regresso em 1913, em Yukon – e a equipe tem sido absolutamente maravilhosa e perfeccionista. Isso tem sido uma surpresa muito agradável para mim”, anima Carver.

Patrulha do Destino | Produtor explica conexão com Titãs

O elenco da nova série da DC conta com Matt Bomer, Diane Guerrero, April Bowlby, Brendan Fraser, Timothy Dalton, Alan Tudyk, Joivan Wade, Andrea Andrade e Ashley Dougherty.

A produção é de Geoff Johns, Greg Berlanti e Sarah Schechter, em parceria com a Warner Bros Television.

Patrulha do Destino está em exibição nos EUA, mas ainda não tem data para chegar ao Brasil.