A atriz Allison Mack, de Smallville, acusada de fazer parte de um culto que praticava tráfico e escravidão de mulheres, declarou-se culpada perante o tribunal no Brooklyn.

Anteriormente, de acordo com a Variety, a atriz estava em negociações para diminuir sua sentença.

Allison Mack foi acusada em abril de 2018 por tráfico sexual, conspiração por tráfico sexual e conspiração por trabalho forçado por meio de seu envolvimento com o grupo NXIVM e seu subgrupo DOS.


Os promotores descreveram o grupo como uma sociedade secreta de mestres e “escravas” em que as mulheres supostamente foram forçadas a ser sexualmente submissas a Keith Raniere, co-fundador da organização. Mack está sob prisão domiciliar desde agosto de 2018.

O grupo, que ficou conhecido como um culto sexual, é acusado de obrigar mulheres a terem relações com o líder, Keith Raniere. Entre as acusações estão chantagem, por meio de vazamento de fotos íntimas, e até a marcação das iniciais do líder da NXIVM na pele das vítimas.