O diretor de conteúdo e produtor executivo de The Walking Dead, Scott Gimple, lutou para manter Carol (Melissa McBride) viva durante a terceira temporada e ao longo da série.

“Fui totalmente contra, porque acho que seria incrível acompanhar uma pessoa que foi vítima de abuso se tornando uma heroína de uma maneira difícil, com ela mesma tendo que enfrentar o poder que encontrou”, disse Gimple durante um evento da AMC.

“Acho que a grande história de Carol é que ela descobriu que é forte, que é superpoderosa, mas é claro que não seria fácil. Não ficou feliz depois disso. Tem responsabilidade e peso nessa força que encontrou.”


Gimple estava atuando como roteirista de The Walking Dead quando o então produtor Glen Mozzara informou que Carol seria morta em um episódio da terceira temporada, o que acabou não acontecendo por conta dos esforços de Gimple.

The Walking Dead retorna com sua décima temporada em outubro.