The Walking Dead será concluída após uma longa décima primeira temporada, programada para ir ao ar em 2022, e os fãs estão sem dúvida se perguntando como a série vai encerrar as coisas, considerando como os quadrinhos terminaram.

A última edição de The Walking Dead, de Robert Kirkman e Charlie Adlard, apresenta alguns personagens que foram mortos no programa.

A trama salta décadas à frente no futuro com o filho de Rick Grimes, Carl, crescido e lendo um livro sobre seu pai – escrito por sua esposa Sophia – para sua filha.


Na série de TV, Carl (Chandler Riggs) e Sophia (Madison Lintz) morreram após serem mordidos por zumbis. Então, como isso deixa o episódio final?

Como sempre, os fãs de The Walking Dead têm suas teorias, incluindo uma que sugere que o seriado será lançado no arco de história do Império a partir dos quadrinhos.

Acontece depois que os sobreviventes lidam com Alpha na Guerra dos Sussurradores (que aconteceu no seriado), eles se deparam com uma comunidade de 50 mil pessoas chamada Império.

Fim aguardado

A comunidade pode ter sido sugerida na décima temporada, quando Eugene (Josh McDermott) falou com uma mulher chamada Stephanie no rádio, o que reflete como essa história começa na série de quadrinhos.

O arco do Império mostra os sobreviventes de Alexandria encontrando novas redes de pessoas e personagens que construíram uma nova sociedade que vem com sua própria tecnologia, exército e hierarquia.

Nos quadrinhos, Rick é baleado e morto por Sebastian Milton, filho da líder do Império, Pamela Milton.

No entanto, na série de TV, Rick está vivo – mas desaparecido. Portanto, há uma chance de que a morte de Rick possa ser trocada por outro personagem a ser assassinado por Sebastian.

Falando em Rick, é possível que AMC pudesse trazer o personagem de Andrew Lincoln de volta ao programa para o episódio final. Seria comovente ver o homem que começou tudo retornar.

Além disso, sua filha Judith ainda está viva, então talvez em vez de Carl e sua filha lerem uma história para dormir, pode ser Rick e sua filha. Talvez ele se junte a Michonne (Danai Gurira) num salto no tempo?

Em última análise, não sabemos realmente como o episódio final vai se desenrolar, mas aconteça o que acontecer, deve ser bastante emocionante para os fãs.

Kirkman disse anteriormente que se sentia “confiante” sobre como os quadrinhos terminaram.

Ele escreveu no final da edição final: “Eu tenho trabalhado nisso há anos, e é bom terminar com um encerramento tão feliz.”

“Saber que tudo o que esses personagens viveram significava algo. Ver que Michonne conseguiu encontrar sua filha, encontrar paz com sua vida e até mesmo ter um neto… isso é bom.”

“Saber que o mundo está consertado… e em paz, que de certa forma está ainda melhor do que antes… isso é significativo.”

“E ver Carl naquela cadeira de balanço, lendo alegremente para sua filha… saber que essa é a vida que Rick queria que ele tivesse… isso me deixa contente.”

No Brasil, The Walking Dead voltará com sua décima temporada em outubro.