Mindhunter é uma das séries mais elogiadas da Netflix. Porém, nem isso pode ser o suficiente para salvá-la.

Para Variety, o produtor David Fincher, que ajudou o seriado a se tornar um sucesso, deu um péssimo indicativo sobre o futuro de Mindhunter. Ao que parece, a série da Netflix será cancelada.

“Eu não sei se faz sentido continuar. Foi uma série cara. Tem um público apaixonado, mas nunca chegou aos números que justificam o gasto”, declarou Fincher.


A Variety descreve ainda que o produtor achou a segunda temporada “um pesadelo” para trabalhar. Fincher demitiu o showrunner da série, precisou revisar todos os roteiros e mesmo sem estar na direção, viajou para supervisionar tudo.

“Eu certamente precisava de algum tempo afastado. Nós tínhamos tudo para finalizar a segunda temporada, mas não tínhamos roteiros e um plano para terceira temporada. Eu admito que fiquei, ‘Eu não sei se estou pronto para passar dois anos nesse espaço'”, completou o produtor.

Assim, Fincher foi trabalhar em Mank. O filme, também da Netflix, chega em 4 de dezembro.

Mindhunter pode voltar?

Apesar da declaração, Fincher não descartou completamente o seriado. O produtor espera que o hiato de Mindhunter faça a paixão pelo projeto voltar.

“Em algum momento, adoraria revisitar. A esperança era ir para os anos 90 e 2000, para o caminho em que batem na porta de Dennis Rader”, contou a mente por trás do seriado.

A série da Netflix acompanha uma força-tarefa do FBI que começa a estudar e trabalhar espeficamente com serial killers. Além de casos distintos nas duas primeiras temporadas, o seriado trazia aos poucos a investigação do assassino BTK – um dos casos mais famosos dos EUA.

Com a declaração de Fincher, os fãs não devem criar tantas expectativas para terceira temporada de Mindhunter. A Netflix não se pronuncia.

Mindhunter tem duas temporadas disponíveis na Netflix.