Grey’s Anatomy leva bastante a sério as cenas médicas da série. Para isso, uma grande produção é necessária.

A equipe criativa precisa simular sangue e até mesmo órgãos, por exemplo. Dentro desse trabalho se esconde um segredo nojento do seriado.

A atriz Sarah Drew, que viveu April em Grey’s Anatomy, contou como a produção faz os órgãos e simula o sangue. A equipe tem alguns momentos nojentos.


Grey’s Anatomy usa basicamente órgãos de vaca para simular os órgãos humanos. Para o sangue, a série traz gordura de galinha e gelatina vermelha.

“O cheiro é repulsivo e nos faz engasgar. E nós usamos ferramentas de verdade para mexer nos órgãos. Cheira como carne fresca… é super nojento”, declarou a atriz ao RTE.

Com isso, os fãs devem passar a olhar Grey’s Anatomy de outra forma a partir de agora.

Nova atriz em Grey’s Anatomy

Os fãs verão mais do que os velhos rostos na 17ª temporada da série. Mackenzie Marsh, de Jane the Virgin, entrou para o elenco da série.

Segundo Denise Petsky, do Deadline, Marsh vai interpretar Val Ashton, uma mulher inteligente, com muito senso de humor, mas extremamente solitária.

Val trabalha com editoria e não com medicina, então não é certo qual será o seu papel em Grey’s Anatomy especificamente.

Tendo em vista o foco na pandemia de COVID-19 nessa 17ª temporada, é possível que a nova personagem passe por apertos na série de drama.

Além de Jane the Virgin, ela também trabalhou em The Following, American Housewife, e nos revivals de Will & Grace e Charmed.

Grey’s Anatomy está na 17ª temporada nos EUA. No Brasil, a série está na Netflix, Amazon Prime Vídeo e Globoplay.