Atenção! Contém spoilers da quarta temporada de The Crown!

The Crown é uma das produções mais queridas da Netflix, com 3 temporadas de qualidade inegável já lançadas. A série acompanha o reinado da Rainha Elizabeth II, começando por sua juventude e passando por momentos importantíssimos da história do Reino Unido e do mundo.

Afinal de contas, quem não gostaria de um olhar íntimo sobre a vida da Família Real? Tudo fica ainda mais impressionante com as performances de um elenco de tirar o chapéu.

A quarta temporada da série – recém-chegada à Netflix – encantou ainda mais os fãs ao mostrar a relação da Rainha com a Princesa Diana e a então Primeira-Ministra do Reino Unido, Margaret Thatcher.


Interpretada por Gillian Anderson (Sex Education), Thatcher vem criando controvérsias em uma parte dos fãs da série; confira abaixo o motivo da polêmica!

Interpretação icônica

A performance de Gillian Anderson como Margaret Thatcher é uma das mais impressionantes da quarta temporada de The Crown, e por isso a atriz vem recebendo inúmeros elogios da crítica especializada e de fãs nas redes sociais.

Alguns espectadores, no entanto, não conseguem separar a imagem de Anderson da de sua personagem em Arquivo X, clássica série dos anos 90. Para eles, a atriz é “muito gata” para interpretar alguém como a ex-Primeira Ministra.

“É assim que vocês matam as nossas crushs dos anos 90!”, afirmou um fã no Twitter.

Ou seja, as pessoas não estão incomodadas por uma americana interpretando um grande ícone britânico. Elas só acham que a Margaret Thatcher de The Crown ficou muito mais bonita do que sua contraparte da vida real.

“Depois de maratonar The Crown, milhões de pessoas vão acordar com uma estranha atração sexual por Margaret Thatcher”, brincou outro fã.

Alguns espectadores celebraram a performance de Gillian Anderson e ao mesmo tempo condenaram as atitudes políticas de Thatcher, uma das figuras mais polêmicas da história do Reino Unido.

“Que mulher horrível! Deve estar no Inferno por tudo que fez”, escreveu um fã em uma rede social.

“Eu amava a Margaret Thatcher! Uma mulher forte, inteligente e responsável”, discordou outro.

Conhecida como “Dama de Ferro” por suas decisões políticas irredutíveis, Thatcher faleceu aos 87 anos em 2013. Na época, o jornal The Guardian afirmou que “a Primeira-Ministra foi amada e odiada em todos os aspectos de sua vida”.

A quarta temporada de The Crown já está disponível na Netflix.