Bridgerton, a série de época da Netflix baseada nos romances extremamente populares de Julia Quinn, estreou em 25 de dezembro.

A primeira temporada de oito episódios segue a família Bridgerton baseada em Londres durante uma temporada social agitada quando a filha mais velha Daphne (interpretada por Phoebe Dynevor) faz sua estreia na sociedade, entra em um relacionamento peculiar com um duque – e mais tarde um príncipe -, lida com o surgimento de uma colunista de fofoca aparentemente onipotente e se aventura na alta sociedade do período regencial.

É uma história interessante em camadas, possibilitada por um bom elenco – com o drama se espalhando por várias famílias, faixas etárias e possíveis parceiros românticos -, com Julie Andrews, Regé-Jean Page, Freddie Stroma, Golda Rosheuvel e muitos mais.


Mas esses serão os únicos oito episódios que veremos?

Aqui está o que sabemos sobre uma possível segunda temporada.

A série vai voltar?

Não há nenhuma palavra oficial ainda sobre uma segunda temporada de Bridgerton, mas isso não é motivo para perder as esperanças.

A série é a primeira na Netflix para a produtora Shonda Rhimes (que assinou um acordo de US$ 150 milhões com o serviço de streaming em 2017), e muitos de seus programas mais conhecidos – como Grey’s Anatomy e How to Get Away with Murder – foram exibidos por várias temporadas.

Uma possível dica?

A estrela da série Nicola Coughlan postou uma foto no Instagram da festa de encerramento da primeira temporada com a legenda “Toque aqui se você terminou de filmar a primeira temporada de Bridgerton” – levando os fãs a se perguntarem se isso significa que a segunda temporada é iminente.

Bridgerton já está disponível na Netflix.