Atenção! Contém spoilers da segunda temporada de Pose!

Pose é um drama musical único, com o maior elenco trans da história. O pano de fundo é o universo da dança e figurinos da subcultura dos Bailes em Nova York, no fim dos anos 80, e que trouxe incentivo para a aceitação pessoal, familiar e social do coletivo LGTBQ.

A série foi desenvolvida pela dupla Ryan Murphy e Brad Falchuk, junto a Steven Canals, a escritora trans best-seller Janet Mock e a pianista Our Lady J. A série já foi renovada para sua terceira temporada.

A segunda temporada de Pose chegou recentemente à Netflix e chocou fãs com uma cena bastante quente entre dois personagens queridos.


Confira abaixo como foi a gravação do momento!

Momento importante!

Na segunda temporada de Pose, o icônico e irreverente Pray Tell vive um affair com Ricky, o jovem ex-namorado de Damon.

O que começa como uma amizade acaba se tornando um romance após investidas do próprio Ricky. Após ser diagnosticado com HIV, jovem dançarino passa a contar com o importante apoio de Pray, que também vive com o vírus.

A primeira cena de sexo do casal foi vista como uma das mais quentes da TV em 2020, e chamou a atenção por quebrar tabus e focar no prazer dos dois personagens.

Em uma entrevista ao podcast The Awardist, o ator Billy Porter falou sobre a gravação da cena e sua importância na trama de Pose.

“Como um homem negro, queer, que viveu os últimos 30 anos sendo a ‘fadinha coadjuvante’, nunca fui objeto de desejo de ninguém. Em toda a minha carreira, isso nunca aconteceu. Esse foi inclusive meu primeiro beijo na TV”, contou Porter.

O astro de Pose também falou sobre a gravação do momento, que acontece no oitavo episódio da segunda temporada, “Revelations”.

“Nem consigo assistir! Não pela minha aparência, mas porque ainda tento ficar confortável com minhas cenas de sexo na tela. Foi com certeza o momento mais difícil de gravar em toda a série”, confirmou Billy Porter.

Em um papo com o The Hollywood Reporter, o intérprete de Ricky também salientou a importância histórica da cena.

“É a primeira vez que vemos dois homens gays, negros, com HIV e em um relacionamento intergeracional fazendo sexo na TV. Isso nunca aconteceu antes, é bem importante”, afirmou Dyllon Burnside.

A segunda temporada de Pose já está disponível na Netflix.