Após fazer grande sucesso como uma das melhores séries originais do YouTube Red, Cobra Kai finalmente fez sua estreia na Netflix, e desde então vem conquistando o público brasileiro e se mantendo entre as séries mais assistidas da plataforma.

No derivado e continuação de Karatê Kid, Ralph Macchio e William Zabka reprisam seus papéis da franquia. Os épicos adversários retornam para o dojo, trinta anos depois dos eventos do torneio de 1984.

Johnny Lawrence (Zabka) busca por redenção ao reabrir o famoso dojo, reacendendo a rivalidade com Daniel LaRusso (Macchio), que luta pela manutenção do equilíbrio em sua vida sem a ajuda do mentor, Sr. Miyagi.


Caso tivesse adaptado uma história bizarra que QUASE fez parte de Karatê Kid 3, Cobra Kai seria extremamente diferente!

O site Looper explicou tudo sobre essa situação; confira abaixo!

Viagem no tempo?

O terceiro capítulo do Karatê Kid original não é nem de longe o preferido dos fãs. O filme infelizmente fez pouco para desenvolver a história de Daniel e Miyagi, além de não causar o grande impacto dos predecessores.

A trama de Karatê Kid 3 que todos conhecem é bem diferente da ideia original dos roteiristas Robert Mark Kamen e John G. Avildsen.

Inicialmente, os criadores queriam uma impressionante viagem no tempo – que acabou não acontecendo por questões orçamentárias.

Segundo uma entrevista de Robert Mark Kamen publicada em 2012, a intenção dos roteiristas era ambientar Karatê Kid 3 no passado, especificamente na China do século XVI.

“Queríamos um flashback para o século XVI! A nossa intenção era replicar um clássico filme de Kung-fu de Hong Kong”, contou o roteirista.

Embora seja extremamente diferente dos elementos conhecidos de Karatê Kid, a ideia da viagem no tempo não veio exatamente do nada. A trama estaria conectada com a lição de história sobre o início do Miyagi-Do, explicada pelo sensei no segundo capítulo da franquia.

Mas afinal de contas, como Daniel e Miyagi seriam transportados ao passado?

“Tudo aconteceria após o Daniel ser atingido na cabeça e desmaiar. Ele entraria em um coma ou algo assim. Ao acordar, ele estaria na China junto com o ancestral do Miyagi”, revelou Kamen.

E por que a trama acabou sendo descartada de Karatê Kid 3? A modificação ocorreu por insistência do diretor Jerry Weintraub, do estúdio Columbia Pictures e do produtor-executivo Guy McElwaine.

Tirando os roteiristas originais, todos foram contra a ideia da viagem no tempo.

“Os produtores não queriam gastar dinheiro nos mandando para a China! E olha que o governo chinês estava entusiasmado com a possibilidade. Na época, a Columbia era propriedade da Coca-Cola. Seria uma ótima oportunidade para a companhia fazer negócios no país”, revelou Avildsen.

A terceira temporada de Cobra Kai está disponível na Netflix.