A trama de Dark com certeza deu muita dor de cabeça aos fãs da Netflix e Fortnite pode estar se baseando na sua estrutura narrativa para criar sua história.

Conforme apontado por Jimmy Russo, do Fortnite Intel, o diretor criativo da Epic Games, Donald Mustard, é fã da série da Netflix.

Ele ainda disse que a série “influenciou e inspirou a forma como eu penso acerca da história, mitologia e regras do mundo de Fortnite”.


A quinta temporada de Fornite trouxe mais evidências de que o game está usando loops temporais e paradoxos para criar sua história.

A primeira dessas evidências é o Agente Jonesy, que ao longo da quinta temporada foi ficando cada vez mais parecido com sua aparência original da primeira temporada do game.

Não bastasse isso, o mapa dessa quinta temporada trouxe de volta várias localizações do primeiro ano, além de juntar outros locais.

O que isso significa? Pode ser que estejamos no passado de Fortnite nessa quinta temporada e, ao mesmo tempo, no futuro. Estaríamos em um loop temporal em que o passado dos personagens e localizações é o futuro, criando paradoxos dignos de O Exterminador do Futuro (que recentemente ganhou um crossover com o game).

Assim sendo, parece que Fortnite está realmente se inspirando em Dark para criar sua história.

Motivo para o fim de Dark na Netflix

Dark chegou ao fim com três temporadas e muitos espectadores da Netflix pensam sobre o motivo. O Observatório do Cinema destaca que a decisão veio de Baran bo Odar e Jantje Friese, os criadores da série alemã.

Aparentemente, os produtores queriam mesmo que a série só tivesse três temporadas. Foi o que Odar explicou num comunicado, quando anunciou a terceira temporada do seriado.

“Sempre tivemos três temporadas em mente quando criamos Dark”, disse. “Obrigado à Netflix por confiar em nós! Obrigado a todos os fãs de Dark em todo o mundo! Vocês são incríveis. Amamos vocês!”

É comum que criadores tenham um número limitado de temporadas em mente quando produzem uma nova série.

É o que geralmente acontece em seriados originais para serviços de streaming, por exemplo. Já no caso da TV aberta norte-americana, séries de longa duração são mais comuns – como Grey’s Anatomy e Os Simpsons.

Todas temporadas de Dark estão na Netflix.