The Legend of Zelda é um game extremamente popular. Porém, em uma era que jogos são fontes quentes para a TV e o cinema, a franquia não tem tanto destaque nessas mídias.

Isso poderia ter sido diferente. Em 2015, surgiu a informação de que a Netflix estava produzindo uma série live-action de The Legend of Zelda.

A notícia balançou o mundo da TV e dos games. Porém, pouco depois, a série nunca entrou em produção e aparentemente não passou de um desenvolvimento inicial.


Em 2021, Adam Conover explicou o que aconteceu no podcast The Serf Times. O relato do ator é de que a Nintendo, dona dos direitos de The Legend of Zelda, desistiu da produção.

O motivo, para muitos, pode até parecer um pouco estranho.

Cancelamento explicado

O humorista conta que sabe da informação por causa da ligação dele com o College Humor. Na época em que The Legend of Zelda ia para Netflix, o Star Fox ganharia um projeto na empresa do comediante.

De repente, o plano foi simplesmente cancelado. Isso depois do chefe de Conover se encontrar com Shigeru Miyamoto, o criador de The Legend of Zelda.

Ao questionar o chefe sobre o que aconteceu, o ator descobriu a verdade. A Nintendo encerrou os projetos ao saber que a notícia da série na Netflix tinha vazado para imprensa.

“Alguém da Netflix vazou a história de The Legend of Zelda. Ninguém deveria falar sobre isso. A Nintendo ficou maluca e cancelou tudo. Eles desligaram todos os projetos de adaptações”, contou o ator.

Após a revelação, a Netflix ou a Nintendo não se pronunciaram. Ao mesmo tempo, não há qualquer previsão de que esse projeto possa voltar a acontecer.

A plataforma, inclusive, encontrou outras adaptações de games ao longo do caminho. Uma delas, The Witcher, é um dos maiores sucessos da Netflix.