O drama policial de sucesso da NBC, Lista Negra, tirou um tempo de sua oitava e mais recente temporada para homenagear o ator de longa data Clarke Middleton, que estrelou como Glen Carter na série.

Middleton morreu em outubro de 2020, do vírus do Nilo Ocidental – uma causa de morte que a série toma emprestada para levar o arco de seu personagem a um grande final.

No sexto episódio, quando Raymond “Red” Reddington e Dembe visitam a casa de Glen, sua mãe frenética informa aos convidados, a quem ela chama de Steven e Bill, que Glen havia “feito a transição”.


Quando Red ficou confuso, ela explicou que Glen morreu do vírus do Nilo Ocidental cerca de duas semanas atrás na linha do tempo atual do programa e que seu último desejo era que Huey Lewis tocasse em seu funeral.

Semelhança com a vida real

Para quem não sabe, Glen era um rastreador nomeado por Red, que se tornou o gerente regional do DMV. Seu serviço memorial também foi planejado no mesmo local.

Claro, Red luta para convencer Lewis no início, mas todos nós sabemos o quão persistente o personagem pode ser.

No entanto, é quando as camadas de sentimentos de Red sobre a morte de Glen vêm à tona que a série revela seu melhor trunfo. E Spader é sempre convincente no papel.

A causa da morte de Glen também foi o que o ator que interpretou o papel, Middleton, sofreu antes de sua morte em 4 de outubro de 2020.

Após a notícia da morte de Middleton, surgiram especulações em torno de seu personagem, mas parece que Lista Negra acabou escolhendo a única saída honrosa.

No Brasil, Lista Negra está agora disponível na Netflix.