Em novembro de 2020, foi anunciado que a produtora de A Rainha do Sul, Dailyn Rodriguez, Berlanti Productions e CW estavam se unindo para desenvolver Wonder Girl, uma série dramática baseada nos personagens da DC Comics criados por Joëlle Jones.

Desde aquela época, o projeto se viu no mesmo limbo que a maioria das séries fazem, enquanto aguardam um piloto ou aprovação para uma temporada completa.

Recentemente, houve alguma preocupação sobre o destino do projeto quando a emissora deu aprovação para Naomi, de Ava DuVernay, da DC Comics, e uma versão em live-action de As Meninas Superpoderosas.


Agora, essas preocupações se tornaram realidade com Rodriguez confirmando que Wonder Girl não foi aprovada pela CW.

“Então, algumas notícias tristes. Para todos aqueles que estão perguntando, Wonder Girl não foi escolhida na CW”, Rodriguez tuitou.

“Fiquei muito orgulhosa do roteiro que escrevi. Gostaria de ter compartilhado o mundo que criei, mas infelizmente não era para ser. Obrigada pelo entusiasmo de todos. Significou muito para mim.”

Aqui está uma olhada no tuite recente de Rodriguez:

Série descartada

Escrita por Rodriguez, Wonder Girl teria se centrado em Yara Flor, uma sonhadora latina nascida de uma guerreira Amazona e um deus do rio brasileiro que descobre que ela é a nova Mulher-Maravilha. Com seu novo poder e a personalidade da Mulher-Maravilha, Yara teria lutado contra as forças do mal que procurariam destruir o mundo.

Se fosse aprovada, a narrativa teria se concentrado na história de origem de Yara (com a personagem desempenhando um papel de destaque no universo da Mulher-Maravilha no lado dos quadrinhos).

Rodriguez seria produtora executiva ao lado de Greg Berlanti, Sarah Schechter e David Madden. Berlanti Productions produziria em associação com a Warner Bros. Television.

O Arrowverso da CW estava se esforçando para criar um universo de super-heróis que refletisse mais o mundo ao seu redor. Batwoman apresentou a primeira personagem principal gay, enquanto Raio Negro apresentou o primeiro personagem principal negro de uma série de super-heróis da DC em live-action.

Wonder Girl teria representado a primeira personagem principal latina de uma série de TV da DC.