O casamento de Lady Diana e o príncipe Charles sempre foi problemático, mas The Crown não chega a mostrar um traumático evento da vida dos dois.

Diana teve dificuldades em se ajustar à atenção que recebia como parte da família real e isso afetou sua saúde mental, junto do comportamento do seu ex-marido em relação a ela.

“Eu queria conversar com Charles sobre algo”, disse Diana em gravação pessoal (via Julia Mullaney, do CheatSheet). Ele não me escutava; dizia que eu estava querendo chamar a atenção”.


“Então eu peguei seu canivete da mesa de cabeceira e comecei a me cortar com força no peitoral e nas coxas. Teve muito sangue”, continuou Lady Diana.

Lady Di acrescentou que Charles não teve “qualquer reação” ao que ela fez na sua frente, o que apenas piorou as coisas.

Pedido de casamento frio de Charles a Diana

A quarta temporada de The Crown mostra um trecho do relacionamento de Lady Diana e o príncipe Charles, desde o momento que se conhecem, até o ponto de insustentabilidade do casamento.

Existe algo, no entanto, que a série da Netflix altera no pedido de casamento do príncipe Charles à Princesa Diana.

Conforme contou ao biógrafo Andrew Morton, Diana Spencer teve um pedido de casamento um tanto frio.

“Ele disse: ‘Você se casaria comigo?’. E eu ri. Lembro de ter pensado, ‘isso é uma piada’, e eu disse: ‘sim, ok’, e ri. Ele estava realmente sério e disse: ‘você sabe que um dia será rainha’. E uma voz interna disse para mim: ‘Você nãos erá rainha, mas terá um papel difícil’. Então pensei, ‘ok’, e disse: ‘Sim’. Eu disse: ‘Eu te amo muito, muito mesmo’. E ele respondeu: ‘seja lá o que amor signifique'”.

Não bastasse isso, o príncipe Charles sequer tinha uma aliança em mãos quando fez o pedido à Lady Di, mas isso chega a ser retratado em The Crown.

Na série da Netflix, por sinal, o desdém de Charles sobre o amor, na frase “seja lá o que amor signifique”, aparece em outro momento de The Crown, durante uma coletiva de imprensa com ele e Lady Di.

A quarta temporada de The Crown está disponível na Netflix.